Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Fôrmas, Escoramentos e Andaimes para a construção

Projeto Hidrelétrico El Cajón, Tepic, México

Uma obra hidráulica com excelente qualidade e acabamentos

Descrição

O Projeto Hidrelétrico El Cajón, localizado sobre o rio Santiago, é a maior obra de infraestrutura realizada no México nos últimos 10 anos. Faz parte do Sistema Hidrológico Santiago e o seu aproveitamento permite a geração de energia elétrica através de duas unidades de 375 MW cada uma, pela qual está prevista uma geração média anual de 1228,64 GWh. Das mais de seis centrais construídas até agora, esta obra ocupa o segundo lugar em potência e geração.

Esta barragem contribui para regular o escoamento da sua bacia e beneficia a Central Aguamilpa, visto que o seu lago artificial, recebendo as contribuições reguladas do rio incrementa a sua geração constante e reduzem as probabilidades de derrame pelo vertedouro.

Solução ULMA

Foram executados muitos dos trabalhos que contemplavam este projeto, como os caminhos de acesso de 42 km e duas linhas de dois circuitos de 400 kV, com uma extensão total aproximada de 18 km; o desvio do rio Santiago, mediante dois túneis de seção em pórtico e duas ensecadeiras de materiais selecionados; uma ponte sobre o rio Santiago, além de diversas obras de infraestrutura, desenvolvimento social e proteção ambiental.

A Fôrma Recuperável RAPID, segura e de grande durabilidade, foi utilizada como solução para as lajes da sala de máquinas subterrânea que aloja no seu interior dois grupos de turbo geradores, com potência instalada total de 750 MW à saída do gerador.

A perfeita combinação entre os sistemas trepantes com recuo e a Fôrma Vertical ENKOFORM V-100 foi à solução para a construção das paredes, da galeria de drenagem e do local gerador da sala de máquinas.

Para a execução dos pilares do vertedouro de excedentes controlado, das paredes curvas, do canal de desafogamento e da viga de topo, aplicou-se a solução perfeita com os sistemas trepantes sem recuo, o ENKOFORM V-100 e vigas.

Como escoramento dos sistemas de fôrma horizontal utilizou-se a ESCORA SP, leve, resistente e com grande capacidade de carga. A sua especial concepção de regulação e fixação em altura facilitou o ajuste rápido em obra.