Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Fôrmas, Escoramentos e Andaimes para a construção

Ponte Vale Las Llamas, Santander, Espanha

Versatilidade a qualquer geometria

Descrição

Grande parte dessa área é ocupada pelo Parque Atlântico da cidade de Santander é uma área urbana de grande interesse ecológico. A obra faz parte de uma série de ações destinadas a descongestionar a área mediante a reorganização do tráfego e para a criação de novos eixos de circulação transversal.

A ponte de Las Llamas cruza o rio que leva o mesmo nome, com um vão entre suportes de encontros de 102 m. Projetado em concreto, o tabuleiro é dividido num caixão central e abas laterais. O caixão central é de 5,8 m de largura e 2,25 m de canto.

A ponte é de arco intermediário que se desenvolve acima da placa em um comprimento central de 60 m. Continua abaixo do tabuleiro em forma de pés inclinados retos até seu apoio em rolamentos plásticos inclinados. A separação longitudinal entre os rolamentos é 81,6 m. Ao canto do arco é crescente e variável, sendo deste canto chave de 72 cm e 120 de arranque.

O tabuleiro se prende ao arco por 18 pares de cabos em barra de aço, dispostos a cada 2,4 m. A deflexão máxima do arco é de aproximadamente 7,8 m acima do nível da placa.

Solução ULMA

A geometria variável da ponte foi executada com a Fôrma Horizontal ENKOFORM HMK. Sua flexibilidade permite realizar todos os tipos de formas e pressões de concreto.

Nas áreas mais leves, utilizou-se o escoramento Cimbre OC, e as mais pesadas o Cimbre T-500. Nos encontros, a fôrma se apoiou sobre martelos MT. Estes estribos foram executados om a Fôrma Vertical ORMA.