Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Fôrmas, Escoramentos e Andaimes para a construção

Ponte Rio Grand, Ontário, Canadá

Engenharia e assistência em obra

Descrição

Esta ponte vai ligar pela primeira vez desde, 1963, duas cidades de grande peso econômico (Kitchener e Cambridge) e melhorar a ligação com a rodovia 401, uma das mais importantes do país.

Com 247 m de comprimento, composta de 4 baias. O maior de 95 m, sobre o Rio Grand.

Este vão, levantado balanços sucessivos in loco, tornando essa a primeira ponte construída em Ontário, com essa técnica desde os anos 80. A ULMA colocou a serviço do cliente os mais avançados e qualificados especialistas na aplicação, ideal para orografia complicada, mais comum na Europa.

Solução ULMA

Neste caso, foram utilizados dois Balanços Sucessivos CVS. Cada parte em um pilar do vão para depois mover simultaneamente em sentido contrário, para encontrar-se no centro do vão. Um total de 19 trechos executados com 4,75 m de comprimento de cada aduela. A flexibilidade e fácil adaptação do sistema solucionaram as variações contínuas em cada avanço secção.

Além de fornecer o material, a ULMA auxiliou a engenharia de aplicação, a pré-montagem da estrutura e assistência técnica com especialistas em montagem.

Com base no conceito modular do sistema MK, esse carro se adapta a diversas geometrias das aduelas. A fôrma interior e exterior é independente entre si, permitindo um ciclo de trabalho mais curto. Os elementos padrão do MK minimizam tanto o peso quantos os custos do equipamento, frente aos carros feitos sob medida.

Pilares de 15 a 18 m de altura foram realizados com a fôrma ORMA em conjunto a Consoles Trepantes CR-250. Em um único movimento da grua, cada conjunto é movimentado a nova área de concretagem, juntamente com suas ampliações de plataforma.